Sabemos valorizar nossos idosos?


No dia 1 de outubro, Dia do Idoso, o Asilo São Vicente de Paulo foi sede de uma iniciativa de sensibilização da sociedade. Em conjunto com o Fórum Paranaense do Idoso o Asilo promoveu uma palestra aberta à população sobre como nossa sociedade tem lidado com o envelhecimento.

O palestrante, Dr. José Tupiná Machado foi enfático ao dizer que não sabemos valorizar aqueles que tanto já contribuíram em nossa sociedade. “Aqui no Brasil as pessoas ainda não se convenceram de que o envelhecimento é inerente à vida. Temos um enorme crescimento demográfico da população de idosos em nosso país e mesmo assim a sociedade e o Estado não estão preparados para os impactos, principalmente sociais e econômicos desta nova realidade”, comentou o palestrante.

Conforme o Relatório da Organização Mundial da Saúde, o número de pessoas com mais de 60 anos no país deverá crescer muito mais rápido do que a média internacional. Enquanto a quantidade de idosos vai duplicar no mundo até o ano de 2050, ela quase triplicará no Brasil.

Para o Dr. Tupiná, a iniciativa de fazer o evento aberto ao público foi uma excelente experiência. É uma forma de iniciarmos uma sensibilização sobre como podemos dar mais valor aos idosos em meio a uma cultura que tem descartado a experiência e o conhecimento dos mais velhos.

Visita guiada

Os participantes da palestra foram convidados ao final do evento a conhecer as instalações e o funcionamento do Asilo São Vicente de Paulo, que é referência nacional no atendimento à pessoa idosa. A equipe técnica da casa acompanhou os visitantes pelas áreas comuns, explicando como é realizado o atendimento multidisciplinar e integrado da equipe e como são os cuidados diários com as idosas que vivem ali.

× Agendamento